TIGRÃO

Contra o Náutico, Vila Nova tenta melhorar aproveitamento contra equipes da parte de baixo

Em 11 partidas, contra clubes da parte de baixo da tabela, o Vila Nova possui apenas 30,3% de aproveitamento

Jogadores do Vila Nova comemoram gol no Serra Dourada
Jogadores do Vila Nova comemoram gol no Serra Dourada. Foto: Comunicação - Vila Nova

O Vila Nova terá um confronto direto nesta sexta-feira (19), diante do Náutico, pelo Campeonato Brasileiro Série B. Neste duelo, o Tigrão busca melhorar seu aproveitamento contra equipes da parte de baixo da tabela, que até o momento, em 11 partidas contra times abaixo da 10ª colocação, o colorado soma apenas 30,3% dos pontos disputados.

Nos 11 confrontos, já contando o segundo turno, o Vila Nova possui 7 empates, 3 derrotas e apenas uma vitória, justamente contra o Náutico, próximo rival. Contra os outros rivais que estão dentro da Zona de Rebaixamento, Guarani e CSA, os goianos possuem um empate e uma derrota.

O jogo contra o Náutico também vale para o Vila Nova deixar a lanterna da Série B, já que os dois clubes estão empatados em número de pontos, 21. O triunfo também será importante para o colorado diminuir as chances de rebaixamento. Atualmente, o colorado goiano soma 76,4% de chances de descenso, segundo o departamento de matemática da UFMG.

Ainda ressaltando sobre o rebaixamento, o Vila Nova precisa melhorar com urgência seu aproveitamento geral, que atualmente é de apenas 29%. Para escapar da degola, o clube irá precisar somar mais 23 pontos para chegar aos 44, média dos últimos anos, ou seja, um aproveitamento de 54,7% nos últimos 14 jogos.