Goiânia

Vereadora aciona o TCM-GO por conta de alagamentos em Goiânia

Alagamentos em Goiânia tornam-se problema para Rogério Cruz

Projeto garante representação feminina em Comissões Especiais da Câmara de Goiânia
Aava Santiago vai ao MP e ao TCM por problemas de alagamento em Goiânia (Foto: Câmara Municipal)

No mesmo dia em que a vereadora Sabrina Garcez que preside o Republicanos de Goiânia, mesma legenda do prefeito Rogério Cruz protocolou um ofício junto a Secretaria de Infraestrutura para apurar detalhes do contrato da empresa que toca as obras de drenagem na capital, a vereadora Aava Santiago (PSDB) acionou o Tribunal de Contas do Município (TCM) e o Ministério Público de Contas (MPCGO) com objetivo semelhante.

Ela quer que os dois órgãos fiscalizadores apurem eventuais irregularidades nas obras de drenagem urbana previstas pela Prefeitura de Goiânia. A tese é a mesma da parlamentar republicana: ano passado, a Prefeitura anunciou investimentos milionários para solucionar problemas de alagamentos

“No entanto, até o momento, apenas uma minoria dessas obras foi realizada, e mesmo assim, tais intervenções se mostraram ineficientes diante dos problemas recorrentes de alagamentos”, destaca Aava.

A parlamentar vê necessidade na apuração dos recursos investidos uma vez que foram anunciadas 11 grandes obras e intervenções para tentar resolver a questão, além de aporte estimados em R$ 200 milhões de reais.

“Depois de mais de 1 ano, apenas 3 delas saíram do papel. No ano passado um motociclista morreu e após as chuvas do fim de semana vimos que quase nada foi feito para evitar mais tragédias. Por isso a necessidade de uma urgente apuração dos recursos investidos e cronograma das obras”, comenta a vereadora.

Por meio de nota, a Seinfra reforçou os investimentos feitos em drenagem. Leia o posicionamento na íntegra:

-Por determinação do prefeito Rogério, a Seinfra tem feito intervenções necessárias nos pontos de alagamento da capital. Eram 99 pontos listados pela Defesa Civil. A Seinfra fez intervenções em mais de 60, como construção de baterias de bocas de lobo, limpeza de bocas de lobo, ramais e poços de visita, limpeza dos leitos dos cursos de água da capital e a construção e ampliação da rede de drenagem em algumas regiões da cidade.

-Na Avenida C-107, no Jardim América, a Prefeitura de Goiânia, por meio da Seinfra, aumentou a capacidade da tubulação da rede de drenagem, que passou de 800 para 1,5 mil milímetros. Além disso, foram instaladas 22 baterias de bocas de lobo estrategicamente posicionadas e uma grelha com caixa de passagem na Rua C-190. Ambas receberam nova pavimentação asfáltica e foi feita a recuperação das encostas do Córrego Cascavel. O projeto foi desenvolvido e executado com recursos próprios da administração municipal, com a conclusão em apenas 38 dias.

-Está em fase final de construção a ampliação da rede de drenagem do Bairro Feliz. A rede de coleta de águas pluviais era antiga e não comportava mais o volume de água da região. Foram construídos 3,9 quilômetros de tubulações com diâmetros de 400 a 1500 milímetros e está em execução a construção de 132 bocas de lobo e de 48 poços de visita. São beneficiadas seis vias: Avenida Laurício Pedro Rasmussen, Rua L-13, Rua L-9, Rua X, Rua 806 e Rua 823.A previsão para o término das ações é para o mês de dezembro deste ano.   

-A obra de construção e ampliação da rede de drenagem da Avenida H, no Jardim Goiás, começou no dia 13 de outubro, na própria Avenida H sob a Avenida Jamel Cecílio, passando pelas ruas 14, 12-A e 1, no Jardim Goiás, até o Córrego Botafogo. A previsão de conclusão é final de janeiro de 2024, segundo cronograma da Seinfra. Com investimento estimado em quase R$ 5 milhões, a obra consiste na construção de 2.155,64 metros lineares de galerias de águas pluviais e 6.801,71 metros quadrados de asfalto. Atualmente, a construção da rede pluvial está saindo da Avenida E para a Rua 1. Foi feita a colocação de capa asfáltica nas ruas onde a rede foi concluída e o tráfego foi liberado.

-Construção de rede de drenagem e pavimentação do Residencial Solar Ville – previsão de conclusão janeiro de 2024.

-Construção de rede de drenagem e pavimentação da Chácara São Joaquim – previsão de conclusão até dezembro 2024

-Viaduto Avenida Leste Oeste com a Avenida Castelo Branco – previsão de conclusão março 2024

-Construção de rede de drenagem e pavimentação do Jardim Petrópolis – previsão de conclusão junho 2024.

-Ampliação da rede de drenagem e pavimentação da Avenida Padre Monte (Córrego Taquaral) – Bairro Goiá – Concluída

-Construção de rede de drenagem e pavimentação do Residencial Maringá – Concluída.

-Construção de rede de drenagem e pavimentação da Avenida Leste-Oeste, Avenida Skoda, Jardim Novo Mundo – Concluída.

-Foram recuperadas as Pontes da Avenida das Pirâmides, no Jardim Califórnia, e da Avenida Acary Passos, no Residencial Vale do Araguaia.

-Construção de Bueiro triplo na Avenida Adriana Oliveira Bittencourt, no Setor Amim Camargo

-Construção de rede de drenagem e recuperação da erosão no Residencial Paulo Pacheco.

-Construção de rede de drenagem na Rua Noruega com a AVenida T-9, no Jardim Europa.

-Recuperação erosão com construção de galeria na Avenida 3ª Radial, Setor Pedro Ludovico

-Recuperação erosão e construção de galeria no Santa Rita 7 

-Construção de ramais e bocas de lobo do Parque das Nações e Carolina Parque 

-Construção de rede de drenagem e pavimentação do Parque Oeste Industrial

-Construção de bocas de lobo e galerias no Setor Goiânia 2

-Construção de bocas-de-lobo no Parque Atheneu

-Recuperação do bueiro da Avenida José Barbosa Reis, no Madre Germana II

-Historicamente, nunca foram investidos tantos recursos em drenagem urbana. São mais de R$ 200 milhões em obras em andamento na capital para resolver o problema de alagamentos em diversos pontos da cidade.  

-124 intervenções em todas as regiões da cidade para melhorar o escoamento das águas pluviais.

-Construídos 22.088 metros de galerias pluviais e recuperados outros 356 metros

-Entre os serviços executados pela gestão municipal estão a construção de 3.367 baterias de bocas de lobo, limpeza de ramais e poços de visita e a construção e ampliação da rede de drenagem.

-A prevenção a alagamentos passa pela limpeza de bocas de lobo, ramais, poços de visita e de bueiros. Desde 2021, quando começou a administração do prefeito Rogério até agora, foram limpas 74.156 bocas de lobo, 242.793 metros de ramais, 2.520 poços de visita e 2.277 bueiros com a retirada de 11.481 toneladas de entulho da rede de drenagem da capital.