SOLIDARIEDADE

Voluntários fazem campanha de arrecadação de materiais escolares em Anápolis

O movimento é para arrecadar materiais como caderno, lápis e cartolina para as aulas de alfabetização de idosos

Goiânia está no top 10 de capitais mais alfabetizadas do país; veja ranking Cidade ficou à frente de São Paulo e Brasília
(Foto: Divulgação - Associação Mãos e Sonhos)

Parados desde o início da pandemia, o projeto de alfabetização para idosos da Associação Mãos e Sonhos, vai retomar as aulas neste mês de abril, para isso os voluntários iniciaram uma campanha de arrecadação de materiais escolares para auxiliar os estudantes que não têm condições de ter o próprio material.

As aulas serão ministradas no Instituto Federal de Goiás ( IFG ) aos sábados, por um grupo de professores voluntários, coordenados pela pedagoga Tarcilla Suzi , que começou o projeto reunindo 20 idosos do seu bairro, e com a popularização das aulas, o grupo chegou a ter cerca de 120 idosos e 12 voluntários, mas paralisaram por causa da pandemia.

“Alguns idosos estão no projeto para aprender a ler a bíblia, tirar habilitação, começar a trabalhar, vai além de um processo de alfabetização. É inserir essas pessoas na sociedade”, comenta Tarsilla Suzi.

Por meio do projeto, a associação doa aos idosos cestas básicas, fralda geriátrica e outros itens de necessidade básica, atualmente ele é mantido por doações.

“Tem o caso de uma idosa que aprendeu a ler e fazer conta, hoje ela abriu o próprio bar. Antes ela dependia do marido, e fazia as contas apenas por palitos, hoje ela passa até cartão”, cita a fundadora do projeto.

As doações para o projeto podem ser feitas pelo pix 62995794942