Goiás

Zanardi reconhece partida ruim diante do Mirassol e que faltou calma para decidir

Treinador só tem uma vitória fora de casa no comando da equipe esmeraldina

Marcio Zanardi em entrevista coletiva
Zanardi em coletiva pelo Goiás. Foto: Rosiron Rodrigues – Goiás EC

O Goiás conheceu sua segunda derrota fora de casa e perdeu a chance de retomar a liderança da Série B. A equipe foi superada pelo Mirassol por 2 a 0, em um momento da partida que o clube esmeraldino chegou a ter dois a mais no confronto.

“Não fizemos uma grande partida e a gente não soube usufruir de ter um jogador a mais e depois ter mais um. Eles se fecharam bastante e a gente começou a querer forçar muito as bolas pelos cruzamentos ao invés de fazer um jogo muito apoiado, mudar corredor. Quando se tem isso, você começa a fazer o nome da defesa deles, faltou um pouco de tranquilidade para que pudéssemos criar um pouco mais. Então, foi um ataque contra defesa e eles jogando no nosso erro e erramos nas bolas paradas, que vinham sendo nosso forte. Ter calma, tranquilidade e pensar no Coritiba”, analisou Zanardi.

A equipe esmeraldina com um a mais desde a primeira etapa, não foi capaz de mostrar sua eficiência e sofreu o primeiro gol. Na segunda etapa, o segundo veio em um lance que contou com a ajuda do VAR, mas ainda no mesmo lance, o atacante adversário também foi expulso. Mesmo com dois a mais, o Goiás não soube aproveitas as oportunidades.

“Faltou calma. Quando você tem dois a mais, você acha que vai ganhar o jogo a hora que for e precisávamos empurrar um pouco mais a defesa deles e flutuar um pouco mais na segunda linha. Faltou um pouco de calma, tranquilidade e competência. Quando você tem essa situação, você precisa ser assertivo nos cruzamentos, nas finalizações. A gente teve capacidade e condições e tempo para fazer isso. Eles jogaram fechados e não tivemos essa capacidade de romper essas linhas”, concluiu o treinador.

Agora o Goiás volta a campo no próximo domingo (16), quando recebe o Coritiba, às 18h30, no estádio Hailé Pinheiro.