INVESTIGAÇÃO

Idoso cadeirante morre após cair de van que o levava para tratamento em Goiânia

Um idoso e cadeirante de 90 anos, que estava a caminho de uma clínica para…

Idoso cadeirante morre após cair de van que o levava para tratamento em Goiânia
Idoso cadeirante morre após cair de van que o levava para tratamento em Goiânia (Foto: Arquivo Pessoal)

Um idoso e cadeirante de 90 anos, que estava a caminho de uma clínica para realizar um tratamento com dentista, morreu após cair de uma van da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), em Goiânia. O caso aconteceu na segunda-feira (3) na Avenida Ricardo Paranhos, no Setor Marista. A família acredita que a cadeira de rodas não estava presa corretamente, o que teria propiciado a queda. O caso é investigado pela Polícia Civil.

A filha do aposentado, Maria Lúcia Pires Faria, afirmou que Antônio Faria de Sousa morava há 17 anos no Centro de Idosos Sagrada Família, que é administrado pelo Estado. Ele estava acompanhado de cuidadores e de outros idosos que também iriam fazer tratamentos quando caiu do ônibus em movimento, próximo a um posto de combustível na avenida. Câmeras de segurança do posto registraram o ocorrido.

Funcionários do posto ajudaram a socorrer o idoso que foi levado para o Hospital de Urgências de Goiás (Hugo). O óbito, porém, foi registrado às 22h30 do mesmo dia. Na certidão de óbito consta que ele sofreu choque neurogênico, trauma cranioencefálico, ação contundente e queda de altura. Os familiares afirmaram que, antes do acidente, o aposentado era saudável e não apresentava nenhum problema de saúde.

Maria Lúcia relatou ainda que os funcionários não repassaram as informações completas sobre o que havia acontecido quando entraram em contato com a família. “Ligaram para a minha irmã falando que meu pai tinha caído e que tinha sido levado ao Hugo. Só quando minha irmã chegou lá é que ficamos sabendo da gravidade”, disse a mulher de 59 anos.

Pai de 12 filhos, Antônio foi velado na noite de terça-feira e o enterro está previsto para essa quarta-feira (5).

Investigação

A Polícia Militar compareceu no local do acidente e ouviu o motorista. Segundo o condutor, ele fez uma manobra na rotatória da avenida, a porta do ônibus abriu e ele caiu. A família registrou um boletim de ocorrência e o caso é investigado pela Delegacia Especializada em Investigação de Crimes de Trânsito (DICT).

De acordo com o delegado Thiago Damasceno, as informações fornecidas pelo motorista são verídicas.

OVG

Em nota, a OVG lamentou o ocorrido e afirma que está empenhada em esclarecer os fatos.

“A OVG lamenta profundamente o ocorrido, prestou atendimento integral ao idoso e tem dado toda assistência necessária à família. O caso está sendo acompanhado e apurado internamente.

O senhor Antônio Farias de Sousa, 90 anos, divorciado, era pai de 12 filhos, encontrava-se institucionalizado no Centro de Idosos Sagrada Família há 17 anos e sempre foi tratado com cuidado e atenção. Na manhã da última segunda-feira (3/10), ele foi levado a um consultório odontológico por encaminhamento profissional da unidade, acompanhado de responsável, momento em que ocorreu o acidente.

O ano do modelo do veículo utilizado no transporte dos passageiros é de 2022, está devidamente regularizado, é próprio para o transporte de cadeirantes e estava sendo conduzido, no momento, por motorista habilitado e que faz parte dos quadros dessa Organização há mais de 20 (vinte) anos

A OVG segue empenhada em esclarecer os fatos deste acidente por meio de perícia técnica e reforça que está à disposição para quaisquer esclarecimentos”. 

Leia mais

Idoso é encontrado morto com ferimentos na cabeça, em Ouvidor (GO)

Idoso é preso após agredir e tentar beijar neta de 14 anos, em Anápolis

Suspeita é presa por furtar cartão e causar prejuízo de R$ 17 mil a idoso, em Petrolina

*Jeice Oliveira compõe programa de estágio do Mais Goiás sob supervisão de Hugo Oliveira